TIRO NO HOSPITAL GIL ALVES

 TIRO NO HOSPITAL GIL ALVES

Em Bocaiuva, detento entra em luta corporal com Policial e é baleado dentro do hospital

Hospital Gil Alves em Bocaiuva divulgou nota explicando o episódio. Detento tentou tomar arma de Policial e acabou sendo baleado

Por Volta das 18hs, deste domingo (14/06), um Detento preso na cidade de Rio Pardo de Minas, acusado de cometer atos criminosos, tentou pegar a arma de um dos policiais que fazia a abordagem. No momento da ação, o indivíduo acabou sendo alvejado em uma das mãos. A ser contido pelos policiais, o homem foi encaminhado ao presídio de Bocaiuva, porém, como estava ferido, acabou sendo levado pelos policiais penitenciários até o hospital Dr. Gil Alves para receber atendimento médico.

Já no interior do Hospital, enquanto se encaminhava para o atendimento, o detento conseguiu novamente pegar a arma do agente e tentou efetuar disparo contra os profissionais.

De acordo com os agentes penitenciários, como a arma estava travada, o homem não logrou êxito na ação, mas, ainda fora de controle, conseguiu desferir uma coronhada na cabeça de um dos policiais. A fim de conter a agressão, outro policial revidou efetuando um disparo não letal contra o individuo.

De acordo com o hospital Gil Alves, o Policial que sofreu a agressão teve um corte na cabeça, foi atendido e passa bem. Já o detento, que não teve o nome revelado, ficará internado no hospital com escolta e será conduzido para o presídio de Bocaiuva assim que tiver alta; ele não corre risco de morte. Ainda segundo nota do Gil Alves, o detento chegou até Bocaiuva por uma determinação protocolar em que a Secretaria Regional de Segurança de Minas Gerais determina que, em decorrência da pandemia do novo coronavírus, todos os presos do Norte de Minas sejam conduzidos ao presídio de Bocaiuva para posteriormente serem transferidos para outro sistema prisional mais próximo.

Fonte: RSena.com.br