Segue fechado

 Segue fechado

Governo do estado espera em breve pode anunciar a data do retorno às atividades escolares no estado, incluindo Bocaiuva

A ansiedade e a importância do retorno às atividades escolares é sabido de todos, mas principalmente por parte dos alunos que estão no ano de conclusão do ensino médio e irão prestar vestibular em meados de dezembro e janeiro. Como é de sua responsabilidade o estado deve ter em breve uma previsão da retomada das atividades presenciais nas escolas, dependendo claro, do ritmo da pandemia.

O governo do estado vem trabalhando em várias frentes, no que diz respeito ao combate ao coronavírus, uma das prioridades no momento é a flexibilização de vários setores da sociedade com o objetivo que prosseguimento da normalização da vida como um todo, ou pelo menos o mais próximo possível disso.

Através do Programa Minas Consciente, o governo vem conseguindo atender às necessidades e anseios da população, já tendo flexibilizado uma grande parte dos segmentos sociais em todo o estado, e em alguns lugares, como o norte de Minas, que inclui Bocaiuva, através do controle do avanço da pandemia, a instalação da onda verde, que é último estágio do programa estadual de combate à pandemia para a normalização e flexibilização de todos os setores já é realidade.

Alguns setores específicos ainda aguardam liberação para a retomada das suas funcionalidades; e a retomada das atividades escolares, com certeza, encabeça essa lista, porque interfere diretamente em outras rotinas da sociedade, assim como é a garantia do futuro de milhares de estudantes.

“Queremos que as aulas retornem o quanto antes, temos assistidos uma queda no número dos casos de COVID e de óbitos a mesma coisa e se essa queda perdurar, é bem provável que a secretaria de saúde venha a ter alguma previsão em breve para a retomada das aulas. Nesse momento é muito difícil eu fazer qualquer previsão de data.” Comentou Zema.

Ainda falando em Educação, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, mostra que o Brasil atingiu a meta nas séries iniciais do ensino fundamental, ma falhou nos anos finais. O Balanço divulgado pelo INEP se refere ao ano passado, o documento mostrou que o ensino médio teve o maior salto desde 2005, avançando 0,4 entre 2017 e 2019.

Em Minas, apesar dos bons números o estado não atingiu nenhuma meta prevista para o ano passado. Com um ano atípico e as aulas à distância por causa da pandemia, o que vai ocorrer em 2021 é incerto, mais em 2019 Minas Gerais teve resultado positivo no IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), de acordo com Júlia Santana, Secretária estadual de Educação.

“Nós ainda estamos aguardando sinalizações do INEP, o MEC também vem se organizando para aumentar esse acompanhamento em relação às atividades remotas, as orientações em relação à retomada dos estudos presenciais, mais ainda é o momento de se aguardar a organização do calendário letivo do início das aulas no ano que vem pra se trabalhar aí no IDEB de 2021.”