Prefeitura de Montes Claros abre inscrições para contratação de médicos para combate à Covid-19

 Prefeitura de Montes Claros abre inscrições para contratação de médicos para combate à Covid-19

Oportunidade de Emprego pode ser estendida à profissionais de Bocaiuva

Segundo o município, são 18 vagas distribuídas no Hospital Alpheu de Quadros, UPA Chiquinho Guimarães, Centro de Atendimento Covid e na Estratégia Saúde da Família (ESF).

Bocaiuvaonline

A prefeitura de Montes Claros abriu vagas para contratação de médicos para o enfrentamento da Covid-19. O município tem 20.751 casos confirmados e 346 óbitos.

Segundo a Prefeitura, são oferecidas 18 vagas que serão distribuídas no Hospital Alpheu de Quadros (2), UPA Chiquinho Guimarães (10), Centro de Atendimento Covid (2) e as outras quatro vagas são para a Estratégia Saúde da Família (ESF) nos Bairros Independência, Vila Tiradentes, Nova Esperança e Jardim Primavera.

As vagas para o hospital e a UPA são em regime de plantão com 20h semanais. Já os profissionais contratados para ESF e Centro Covid vão trabalhar 40h semanais e recebem seguinte remuneração:

  • Médico ESF R$ 7.888,98
  • Médico com especialização saúde família R$ 9.466,80
  • Médico com residência ou especialização na modalidade residência R$ 11.833,51

Os interessados podem obter mais informações pelos telefones (38) 2211-4313, 2211-4305 ou 2211-3021.

Superlotação nos hospitais

Montes Claros, maior cidade do Norte de Minas, é referência para 95 municípios, mas está com os hospitais superlotados. A taxa de ocupação dos leitos clínicos SUS é de 98%, a de UTI adulto SUS é de 90% e a dos leitos clínicos de convênio/particular é de 121%. Nos últimos dias, a falta de vagas fez com que hospitais da cidade suspendessem atendimentos de casos confirmados e suspeitos de coronavírus.

No dia 5 de março, a secretária de Saúde, Dulce Pimenta, anunciou a abertura de novos leitos em Montes Claros. O Hospital Alpheu de Quadros começou a funcionar como hospital de campanha e o município passou a contar com mais 82 leitos clínicos e 20 de UTI.

Fonte: G1