O preço da pandemia

 O preço da pandemia

Despesas da prefeitura de Bocaiuva com materiais e insumos no combate ao coronavírus ultrapassam os R$ 400.000,00

Toda a sociedade mundial teve gastos não esperados após a chegada do novo coronavírus; materiais antes utilizados apenas em casos específicos passaram a fazer parte da nossa rotina culminando assim em um aumento no orçamento familiar. Prejuízo esse que ganha proporções muito maiores nas contas públicas municipais.

Empório Natural

O TCE/MG (Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais) disponibilizou um link específico para em seu site, o Painel Covid-19, para acompanhamento público das despesas dos municípios com equipamentos, insumos e serviços durante a pandemia.

Desde as primeiras compras realizadas pela administração pública de Bocaiuva, no dia 19/03, até hoje, foram gastos exatos R$ 410.237,55 no combate ao COVID-19, dinheiro esse que poderia estar sendo aplicado de várias outras formas, mais infelizmente (ou felizmente) foi destinado forçadamente na aquisição de ítens para combater um vírus que tem assolado todo o mundo.

Salvar uma vida é algo que não tem como precificar, salvar várias então é algo incomensurável, e esse dinheiro foi aplicado para salvar vidas, porém, se não fosse os efeitos devastadores do vírus, não apenas na saúde, mais principalmente na economia, poderíamos ter a aplicabilidade financeira desse recurso sendo feita de várias outras maneiras. Ao menos teremos um setor da saúde pública mais forte, mais bem equipado e preparado quando tudo isso passar, com certeza esse será o legado positivo deixado pelo Covid-19.

As compras são detalhadas uma a uma no site do TCE/MG, onde pode-se perceber o município que utilizou e o órgão municipal onde foi aplicado o recurso, bem como o contrato e a vigência do mesmo para aquisição e ainda os ítens relacionados em cada compra, além é claro, do nome da empresa contratada e o valor desse contrato.

Valores esses que poderiam ser muito maiores se fossem contabilizados doações, principalmente da iniciativa privada, que tem somado e muito ao poder público durante essa pandemia. Empresas nacionais, estaduais e até mesmo municipais tem sido fundamentais na aquisição de recursos pela prefeitura nesse momento de crise.