O PERIGO DA LINHA COM CEROL

 O PERIGO DA LINHA COM CEROL

Em Bocaiuva, motociclistas reclamam dos perigos das linhas com cerol

Linhas chilenas, popularmente conhecidas como linhas de cerol, têm provocado medo em ciclistas e motociclistas. Polícias Militar e Civil dizem que a prática é crime e pais podem ser responsabilizados

“Lei Estadual n° 14.349 do artigo 1°, proíbe o uso de “pipas” com linhas cortantes em áreas públicas e comuns, podendo a pessoa que for flagrada usando os materiais, ou provocar acidentes e danos aos civis, ser responsabilizada criminalmente pelo ato, respondendo por lesão corporal ou acidente de trânsito com vítima, além de pagar multa de R$ 1.500″.

Embora já existe uma lei que proíbe e pune a prática de soltar pipas com linhas de cerol, ainda sim, as linhas cortantes estão por toda a cidade. São vários os ciclistas e motociclistas que têm reclamado do medo em andar pelas ruas da cidade. Na semana passada um motoqueiro, que não quis se identificar, relatou ao RSENA de que sofreu uma fratura leve na altura do pescoço depois que foi atingido por uma linha de cerol.

Em Agosto do ano passado (2019), após ronda da Polícia Militar, duas pessoas foram flagradas soltando pipas com linhas cortantes. Os militares deram voz de prisão aos rapazes e os conduziram para prestar depoimento na Polícia Civil. Foi aberto um inquérito e levado o caso ao Ministério Público.

As policias Civil e Militar vêm alertando sobre os cuidados que os pais de adolescentes e crianças devem ter para não correr riscos, ou provocar acidentes com as linhas de cerol. A PM vem fazendo rondas nos Bairros da Cidade a fim de detectar possível uso do “cerol” ou das “linhas chilenas” durante a brincadeira de soltar “pipa”. A P.C disse que todos os casos, neste sentido, que forem levados ao órgão, terão tratamento rígido e os responsáveis responderão por seus atos ao poder judiciário.


Fonte: RSena.com.br