Mulheres denunciam homem de cueca nos arredores de Bocaiuva

 Mulheres denunciam homem de cueca nos arredores de Bocaiuva

Próximo ao trevo que dá acesso à Diamantina, homem de cueca é flagrado em atos obscenos frequentemente.

Bocaiuvaonline

É muito comum em nossa cidade, a prática de caminhadas ao ar livre, principalmente às margens das vias de acesso, homens e mulheres buscam realizar seus exercícios físicos de uma maneira tranquila, muitas vezes ao lado de familiares e amigos. Os pontos mais utilizados para a prática esportiva são as vias paralelas que margeiam a BR-135 nos dois sentidos, a LMG-651 que liga Bocaiuva à Guaraciama e também na MGC-451 que une Bocaiúva à Olhos D’água.

Todos esses pontos proporcionam o lugar ideal para as caminhadas matinais e de final de tarde, entretanto, um acontecimento vem tirando a paz e causando terror, principalmente à mulheres que utilizam a MGC-451 para a prática da caminhada, pois no ponto próximo ao trevo, próximo à empresa Bella Mineira, um homem vem aparecendo frequentemente de cueca realizando gestos obscenos e “mexendo” com a mulheres.

O bocaiuvaonline foi procurado por uma das usuárias do local para a realização de caminhadas, muito assustada e temerosa pelo que ela presenciou:

“Eu estava fazendo caminhada na MG que vai para olhos d’água, próximo a estrada que vai para cachoeira no fundo da empresa Bela Mineira havia um homem de cueca no meio do mato gritando como se tivesse tendo um orgasmos e se masturbando. Ele gritou “tira a sua calcinha!” Morri de medo e corri muito!” Maria do Rosário A. A. Silva

E não é para menos, pois as ações de um indivíduo que se propõe à tal ato, são as mais variadas possíveis, e podem colocar a vida e o pudor de mulheres em risco, pois o fato ocorreu em plena luz do dia, como continua denunciando Maria do Rosário.

“Era uma quarta feira às 8:00 da manhã. Comentei com algumas pessoas e este homem aparece por lá, perto da cancela, perto dos pés de pequi para mulheres que fazem caminhada. A cunhada da minha vizinha tinha o costume de fazer caminhada por lá com uma amiga e ele fez o mesmo para as duas por três vezes e elas pararam de fazer a caminhada. Mas outras mulheres passaram pela mesma situação.”

Após receber a denúncia, o bocaiuvaonline esteve no local ontem, no horário que é mais frequentado, entre 17 e 18 horas, e em conversa com as mulheres que utilizam o local para as caminhadas, várias delas confirmaram o fato e disseram que suas rotinas foram alteradas, como por exemplo a prática do exercício sempre com mais de uma pessoa.

Por mais que algumas pessoas possam pensar que se existe o risco, porque mulheres ainda continuam frequentando o local, o objetivo dessa denúncia é justamente para que outras mulheres possam denunciar, fotografar ou até mesmo gravar o homem nos seus atos de atentado ao pudor, sendo assim constrangido ou intimidado, para que o mesmo pare ou para que as autoridades responsáveis tomem as medidas cabíveis, pois não são as mulheres que estão dando motivo para serem expostas a tais atos e sim o homem que é um perigoso indivíduo e está cometendo um crime.

Fica aqui o alerta para as mulheres que frequentam o local para tomarem cuidado e o espaço aberto para essa ou qualquer outra denúncia.