Historia

Bocaiuva surgiu em 15 de junho de 1553, originada pelas expedições de Spinoza e Navarro. Eles vinham de Porto Seguro à procura de riquezas. Alguns integrantes dessa expedição resolveram permanecer no local por achar as terras promissoras.

A bandeira de Fernão Dias Leme iniciou a segunda entrada de pessoas na região. Pertenciam a essa bandeira Matias Cardoso de Almeida e Antônio Gonçalves Figueira.

Em 1700 surgiu em Bocaiuva a imagem do Senhor do Bonfim, que também contribuiu para o povoamento da Região.[10]

O primeiro nome oficial desta terra foi Curato de Macaúbas, depois Arraial do Senhor do Bonfim, depois, Freguesia do Senhor do Bonfim, Vila do Jequitaí, Vila Nova do Jequitaí.

Existem duas versões a respeito da origem do nome “Bocaiuva”: uma remete à palmeira Macaúba (nome científico Acrocomia aculeata, também conhecida como bocaiúva)[11] e a outra ao abolicionista e jornalista Quintino Bocaiuva. Entretanto, esse jornalista em nada contribuiu para o nome da cidade, visto que a abundância da palmeira “bocaiúva” na região é o que de fato deu origem ao nome do município mineiro.

Em 14 de julho de 1888, o município passa a denominar-se Bocaiúva, com o Coronel Manoel Freire Figueiredo Fonseca.

Em 20 de maio de 1947 ocorreu um eclipse do Sol que teve sua faixa cruzando o território brasileiro. A cidade de Bocaiuva (MG) recebeu diversas expedições científicas para a realização de observações, coleta de dados e posteriores estudos sobre o fenômeno. As circunstâncias do imediato pós-Segunda Guerra Mundial conferiram um grande destaque na imprensa nacional e internacional a este evento, produzindo registros em diferentes mídias, Bocaiuva – cidade que recebeu a maioria das expedições científicas para a observação do fenômeno – e para a auto-afirmação de sua identidade como um local de produção de conhecimento.

Bocaiuva recebeu uma expedição de importantes pesquisadores e cientistas para o estudo do fenômeno, como o engenheiro e físico estadunidense Lyman James Briggs, diretor do National Bureau of Standards e que liderou a equipe do National Geographic Society, e o astrônomo belgo-americano George Van Biesbroeck, que confirmou a Teoria da Relatividade, em 1952.

Especula-se que o físico Albert Einstein iria a Bocaiúva analisar o fenômeno ocorrido, mas fontes afirmam que o cientista desistiu da viagem em último momento.[12].

Fundação: 4 de outubro de 1890 (129 anos)