Goleada encerra jejum de 270 minutos, e ataque do Atlético-MG volta a ser o melhor do Brasileiro

 Goleada encerra jejum de 270 minutos, e ataque do Atlético-MG volta a ser o melhor do Brasileiro

Galo supera justamente o Flamengo no número de gols; ataque de Sampaoli havia falhado nos dois últimos jogos, mas voltou a funcionar no Mineirão, marcando dois gols em quatro minutos

O melhor mandante do Campeonato Brasileiro venceu o melhor visitante. No Mineirão, o Atlético-MG goleou o Flamengo no domingo passado e manteve a invencibilidade em casa. O placar de 4 a 0 fez o Galo retomar a vice-liderança e encerrar dois jejuns: o de vitória e de gols na competição. O ataque funcionou e voltou a ser o melhor dos pontos corridos.

Empório Natural

Com sete minutos de jogo, o Atlético vencia o Flamengo por 2 a 0. Eram 270 minutos consecutivos sem balançar as redes adversárias, desde o gol de Savarino aos 20 minutos do 1º tempo na derrota para o Bahia, há quatro jogos. O ataque ficou em branco diante do Sport e Palmeiras. Agora, são 35 gols, superando justamente os 33 feitos pelo time Rubro-Negro.

– Soubemos aproveitar as oportunidades. A gente estava pecando nas finalizações. Chegava e criava, mas errava na definição. Hoje acertamos o pé. O mais importante foi o primeiro gol, para dar confiança na partida e dar tranquilidade para jogar – disse Keno, que fez o nono gol na competição.

Em duelos passados, o ataque do Atlético chegava em grande volume para finalizar, mas pecava na efetividade. Chegou a marcar apenas dois gols num total de 74 chutes contra a meta adversária. Diante do Flamengo, eficiência: quatro gols em nove finalizações.

O Galo chegou à oitava vitória no Mineirão, em 10 jogos. Ou 26 pontos conquistados em 30 disputados. É a melhor campanha de mandante no Brasileiro, o único ainda invicto em seus domínios. Falta, agora, melhorar o aproveitamento de visitante: apenas 33,3% de aproveitamento.

Fonte: GE