Entrevista com o Bruno Santos do CABB

 Entrevista com o Bruno Santos do CABB

O Conselho Assistência de Bairros de Bocaiúva vem atuando em várias esferas de nossa cidade com o objetivo de atender quem mais precisa

Bruno Santos é o entrevistado da semana do Bocaiuvaonline, e nos fala um pouco sobre o CABB (Conselho Assistencial de Bairros de Bocaiuva), suas atribuições, objetivos e a dificuldades enfrentadas por todos os voluntários e pede ajuda da população para continuar com os projetos.

Empório Natural

O Conselho Assistencial de Bairros de Bocaiuva foi fundado no dia 13 de abril de 2011, e de lá pra cá vem atuando das mais variadas formas possíveis tentando ajudar a população mais necessitada de Bocaiuva, que como sempre, assim como acontece em todas as cidades do país e do mundo, se encontra em sua grande maioria nos bairros mais periféricos e marginalizados.

Os poderes públicos não conseguem atender à todas as demandas da população, mesmo que tentem, por mais que não se envolvam em escândalos de corrupção, o sistema como um todo é falido e sucateado, o que torna-se quase impossível que os políticos de bem exerçam suas funções.

E indiferente de qual esfera de poderes estamos nos referindo aqui a realidade não muda, na verdade, quanto mais interiorizada é a cidade, quanto menor é a cidade e quanto mais ao norte do país ela está situação essa situação só tem a piorar. E nesse cenário parece que estamos descrevendo a nossa cidade, situada no interior do norte de Minas e com menos de 50.000 habitantes, Bocaiuva engrossa as estatísticas negativas da carência nacional da maioria da população.

E é nesse cenário que, na maioria das vezes, a população cansada de esperar pelo poder público acaba tomando as rédias da situação e se organiza de forma anônima, autônoma e não governamental, surgindo-se assim as ONG’s e Associações, formando o terceiro setor e tentando minimizar a desigualdade social e sanar as necessidades comunitárias.

Sabemos que as necessidades da nossa comunidade bocaiuvense são as mais variadas possíveis e que cada bairro tem a sua dificuldade específica, que nem sempre são atendidas pelos governos, então as organizações ou associações como o CABB (Conselho Assistencial de Bairros de Bocaiuva), surgem com o intuito de suprir essa demanda.

Entretanto, é necessário um investimento financeiro para que se consiga realizar as atividades necessárias para alcançar os seus objetivos e como as organizações não tem fundos públicos, elas acabam organizando eventos e/ou promoções para angariar os fundos necessários, como por exemplo a feijoada do CABB.

No próximo domingo, 20 de Setembro, o Conselho Assistencial de Bairros de Bocaiuva (CABB), promove uma feijoada beneficente para arrecadar fundos. E como sempre o bocaiuvaonline, abre espaço para realizar a divulgação dos eventos decorrentes de nossa cidade.

Bocaiuvaonline: –  Sabemos que não é fácil manter um projeto social, ainda mais em uma cidade pequena, e a realização de eventos como esse são de suma importância para manter o básico da estrutura necessária para a funcionalidade do CABB. Qual é o objetivo dessa feijoada?

Bruno Santos: – Como é de se observar, infelizmente o poder público as vezes não consegue dar a resposta necessária para atender as famílias que vivem nas regiões mais marginalizadas da cidade e com alta vulnerabilidade social, por isso nos organizamos como OSC para ser essa ponte entre essas famílias e o poder público. E o objetivo dessa feijoada e arrecadar fundos para manutenção da sede do projeto que fica situada na Rua E 381 Beija flor 2, próximo a Quadra do Cristo.

Bocaiuvaonline: – Mesmo não sendo muito, sempre se arrecada uma quantia de dinheiro interessante através desses eventos, como é o caso da feijoada. O CABB já tem um destino para o valor que for levantado desse evento?

Bruno Santos: – Com os valores conseguidos através dessa promoção o CABB conseguirá dar continuidade nas suas atividades em Bocaiuva, mesmo que não estão na sua totalidade, pois devido à pandemia parte das ações que realizavam nas escolas ficaram comprometidas devido serem atividades que geram aglomerações de Pessoas. Mas mesmo assim o CABB continua desenvolvendo as seguintes Ações:

Agendamento de RG e emissão de CPF
Distribuição de Roupas
Assistência em alimentação
Ações de apoio, conscientizaçao e orientação na Educação para crianças de 5 a 12 anos
Jantar solidário com refeição nutritiva para moradores
Assistência jurídica
Em breve Assistência odontológica.

Bocaiuvaonline: – Além dos projetos já existentes, como citado aqui, existem alguns outros que o CABB pretende instalar futuramente?

Bruno Santos: – Sim, também estamos nos organizando para desenvolver projetos Ligados ao lazer, e Cultura. O CABB espera que com ações como essa possam conscientizar o cidadão de bem à participar de alguma forma de suas atividades, seja com doações de bens e valores ou até mesmo com um pouco do seu tempo. 

Bocaiuvaonline: – E para quem quer ajudar, mais não tem tempo disponível para dar a mão de obra, ou estar presente nas aplicações dos projetos e no dia a dia do CABB, tem outra forma que essa pessoa pode estar colaborando?

Bruno Santos: – Sim, tornar-se um voluntário, ter o desejo de doar um pouco do seu tempo em favor do próximo podendo procurar os coordenadores do projeto em nossa Sede situada na Rua E, 381, Beija flor 2 ou acessar nossa página Cabb Boc. E para aqueles que tem o desejo mais não tem o tempo pode nos abençoar fazendo sua doação em nossa conta Bancária (Caixa Econômica federal) AG:2779 Op003 Cc: 1.583-7 (Conselho Assistencial de Bairros de Bocaiuva) que é tão importante quanto a doação de tempo.

Bocaiuvaonline: – Quais são as maiores dificuldades encontradas pelo CABB durante a implantação e desenvolvimentos dos projetos?

Bruno Santos: – São várias as dificuldades enfrentadas, somente Deus nos matem firmados no nosso objetivo, que é ajudar o próximo, nós temos dificuldades estruturais, de logística, transporte dentre várias outras, mais as duas que ainda são as maiores são o material humano; encontrar profissionais qualificados em áreas específicas; e o recurso financeiro para melhorar a estrutura física, porque Graças a Deus o CABB conta com uma excelente quantidade de voluntários para desenvolver os trabalhos e somos imensamente gratos a cada um deles, mais precisamos muito de profissionais qualificados e dinheiro para manter os projetos.

Bocaiuvaonline: – A feijoada vem para ajudar a amenizar um dos dois maiores problemas do CABB, que é o financeiro? Ela é de idealização interna? Para os interessados, quem e onde pode-se comprar os tickets?

Bruno Santos: – Essa feijoada foi uma estratégia da equipe de voluntários com a finalidade de levantar recursos para custeio de despesas como: Aluguel, água, luz, merenda para as crianças do projeto e Materiais de escritório. O Público seria cidadão comuns que apreciam uma boa feijoada com um toque de solidariedade. Pretendemos atingir a marca de no mínimo 150 feijoadas vendidas. E para adquirir basta fazer seu pedido pelos telefones: 99955-2127 – 99869-8633 e 99739-9635 falar comigo, Michele ou Débora. A feijoada poderá ser retirada no local e também solicitada com uma pequena taxa de 2,00 e qualquer lugar de Bocaiuva.

“Gostaria primeiramente de agradecer ao bocaiuvaonline pelo apoio ao nosso projeto, e não é a primeira vez, e dizer a você que deseja ajudar, mas as vezes não sente confiança suficiente para confiar sua ajuda em certas entidades, que venha conhecer nosso projeto e assim ter a certeza que a nossa maior alegria é proporcionar alegria a outros. E encerro dizendo: ” O homem bom cuida de si mesmo; Mas o forte cuida dos outros”. Concluiu o Bruno Santos.