Denúncia! O bocaiuvaonline vem recebendo informações de comércios abertos descumprindo o decreto em Bocaiuva

 Denúncia! O bocaiuvaonline vem recebendo informações de comércios abertos descumprindo o decreto em Bocaiuva

Infelizmente o momento de saúde pública que estamos atravessando sobressai ao funcionamento do comércio

O Bocaiuvaonline sempre foi, e continua sendo, parceiro do comércio local de Bocaiuva, principalmente durante a instalação da pandemia, onde abrimos espaço em nossas redes sociais para divulgação de todos os comércios de Bocaiuva sem nenhum custo pelo período de 01 de julho à 31 de dezembro de 2020, sabemos da importância do comércio para a nossa cidade e para cada empreendedor, assim como para seus colaboradores, porém, o momento de pandemia que atravessamos, tem que ser tomadas todas as medidas necessárias para conter o avanço da mesma, incluindo o cumprimento rigoroso das normas constantes nos decretos publicados pela prefeitura.

Bocaiuvaonline

Na última quinta-feira (4), a Prefeitura Municipal de Saúde, através de decreto, institui um lockdown parcial em nossa cidade, onde ficariam funcionando apenas os segmentos comerciais considerados essenciais por um período de 4 dias, pois, na ocasião bocaiuva encontrava-se na onda vermelha do Programa Minas Consciente, o qual acompanha o avanço da pandemia e regulamenta normas de contenção da mesma.

Entretanto, no último sábado (6), o governo estadual de Minas Gerais, incluiu Bocaiuva, assim como todo o norte de Minas, na onda roxa do Programa, sendo essa criada especificamente para esse momento, onde as normas são mais rígidas e controladas pelo Governo Estadual e não mais pelas prefeituras. E o principal ato que essa nova onda implica é no lockdown durante 15 dias, ou seja, como foi publicada no último domingo (07), as restrições são válidas até o próximo dia 22 de março, ficando assim autorizados os seguintes funcionamentos:

Com isso quem mais são os comerciantes, que são proibidos de trabalharem de forma convencional, sendo autorizados apenas o delivery para entrega de produtos solicitados pelos clientes. Entretanto, vários usuários do bocaiuvaonline estão entrando em contato com a nossa equipe de reportagem denunciando vários segmentos comerciais que se mantem abertos em nossa cidade e que vão contra as diretrizes do decreto que está em validade.

Em contato com alguns desses segmentos, o que foi levantado pelos comerciantes são as várias dúvidas existentes nos decretos publicados durante a atual gestão, desde o primeiro decreto, composto por longas e cansativas 36 páginas que ocasionou vários questionamentos entre a população em geral com várias imposições que não faziam sentido em relação à prioridade, como por exemplo, liberava-se a prática esportiva com mais pessoas do que a realização de eventos religiosos ou até mesmo velórios, sendo esse último um momento único por parte de familiares e amigos do falecido.

O bocaiuvaonline se encontra, como sempre, totalmente à disposição do munícipes e comerciantes para que juntos possamos seguir as normas e diretrizes dos decretos impostos por nossas lideranças sempre com o objetivo de evitar a contaminação do vírus em nossa querida Bocaiuva, juntos venceremos essa pandemia e dentro em breve estaremos de volta às atividades o mais normalmente possível.