Daniel Guedes, do Santos, fica livre de pena por doping e já pode acertar com o Cruzeiro

 Daniel Guedes, do Santos, fica livre de pena por doping e já pode acertar com o Cruzeiro

Lateral foi julgado nesta quinta-feira pelo Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem

O lateral-direito Daniel Guedes, do Santos, está liberado para voltar ao futebol após cumprir suspensão por doping desde setembro de 2019, quando ainda estava emprestado ao Goiás.

Fora dos planos do Peixe, que já conta com Pará e Madson para a posição, o jogador de 26 anos está na mira do Cruzeiro, a pedido do técnico Enderson Moreira. A punição era um dos entraves para a negociação, que pode evoluir nos próximos dias.

Empório Natural

Daniel Guedes foi julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem (TJD-AD) nesta quinta-feira e, depois de mais de três horas de julgamento, recebeu pena de oito meses – ele, porém, está há mais de dez meses parado e, com isso, pode voltar a atuar profissionalmente.

No início do Campeonato Brasileiro de 2019, Daniel Guedes foi flagrado no exame antidoping pelo uso da substância higenamina na derrota do Goiás por 1 a 0 para o CSA, no dia 27 de maio. Enquanto não era suspenso preventivamente, o que só ocorreu em setembro do ano passado, o lateral continuou atuando pelo Goiás.

Daniel Guedes é interesse antigo do Cruzeiro. Entre o final de 2018 e o início de 2019, o clube mineiro consultou a situação do jogador, mas a conversa não evoluiu e foi dada como encerrada naquele momento.

Pelo Peixe, o lateral-direito tem 74 partidas disputadas – em 2018, quando esteve em seu melhor momento, entrou em campo 28 vezes.

Fonte: GE