Cruzeiro vai atrás de R$ 2 milhões para somar valor próximo a duas folhas mensais na Copa do Brasil

 Cruzeiro vai atrás de R$ 2 milhões para somar valor próximo a duas folhas mensais na Copa do Brasil

Raposa, até o momento, acumulou R$ 3,195 milhões pela participação na competição nacional

O Cruzeiro vai precisar se superar na Copa do Brasil, na qual é o maior campeão com seis títulos, para chegar à quarta fase. Precisa de uma vitória por dois gols de diferença para levar a decisão, contra o CRB, para os pênaltis ou triunfo por três gols para garantir a vaga no tempo normal. Isso porque no jogo de ida, foi derrotado por 2 a 0, no Mineirão. O clube, em grave crise econômica, também fica de olho nas altas cifras da competição.

Se conseguir a classificação, a Raposa embolsa R$ 2 milhões, o que ajuda, e muito, na atual realidade cruzeirense. Com os valores acumulados, desde a primeira fase, o Cruzeiro chegará próximo aos R$ 6 milhões embolsados, valor próximo a duas folhas mensais do clube, a maior da atual Série B.

Por isso, o resultado em Maceió é muito importante para as pretensões esportivas do clube e também financeiras. O Cruzeiro acumula uma dívida de mais de R$ 950 milhões atualmente e, caso não se recupere financeiramente, pode chegar aos impressionantes R$ 1 bilhão em dívidas até o fim do ano.

Até o momento, o Cruzeiro acumulou R$ 3.195.000 na Copa do Brasil, somados os recebimentos nas três primeiras fases.

A tarefa da Raposa não será fácil. O time caiu de rendimento nos últimos jogos e tem oito desfalques. Henrique, Régis, Claudinho, Patrick Brey e Arthur Caíke jogaram a Copa do Brasil por outras equipes. Marcelo Moreno, Stênio e Jean estão entregues ao departamento médico.

Fonte: GE