Cruzeiro: Rafael Sobis acerta retorno ao clube e fecha contrato até fim de 2021

 Cruzeiro: Rafael Sobis acerta retorno ao clube e fecha contrato até fim de 2021

Com o acordo, o atacante retirou a ação judicial que movia contra o clube

O Cruzeiro acertou a volta do atacante Rafael Sobis na noite desta quarta-feira. O jogador, que atuou pela Raposa entre 2016 e 2018, aceitou reduzir o valor que ainda tem a receber do clube celeste e assinará contrato até o fim de 2021. As informações foram obtidas pela Rádio Itatiaia. Posteriormente, a Raposa confirmou a contratação.

Na noite desta quarta-feira, o atleta de 35 anos comunicou a saída à diretoria do Ceará. Sobis chegará ao Cruzeiro com o salário dentro do teto estipulado pela diretoria.

Com o acordo com o Cruzeiro, Sobis retirou a ação judicial que movia contra o clube devido à primeira passagem pela Toca II. Em setembro deste ano, a Raposa foi condenada em primeira instância na Justiça do Trabalho a pagar R$ 3,2 milhões ao jogador.

Na ação, que corria em segredo de Justiça, o atacante pedia R$ 4,1 milhões por premiações, férias, cláusula compensatória desportiva, 13º salário de 2018 e direitos de imagem referente aos meses de outubro, novembro e dezembro de 2018.

Sobis ficou sem espaço no Ceará após a contratação do atacante Felipe Vizeu. O jogador tinha contrato com o Vozão até o fim de dezembro. Outro fator influenciou na chegada do atleta ao Cruzeiro é o empresário Jorge Machado, que agencia a carreira do atacante e também do técnico Luiz Felipe Scolari.

Entre junho de 2016 e dezembro de 2018, Sobis disputou 119 jogos pelo Cruzeiro e marcou 28 gols. No clube, conquistou três títulos: duas Copas do Brasil (2017 e 2018) e um Campeonato Mineiro (2018). Na campanha da conquista da Copa do Brasil, em 2017, o atacante foi artilheiro da competição, com cinco gols.

Além de Sobis, o Cruzeiro ainda está no mercado em busca de mais uma contratação pedida por Felipão. O outro nome seria o atacante colombiano Jonathan Copete, do Santos. O jogador de 32 anos está parado no Peixe porque não pode ser inscrito devido ao transfer ban aplicado pela Fifa ao clube paulista pelo não pagamento de duas dívidas: uma com o Atletico Nacional-COL (pela contratação do zagueiro Felipe Aguilar) e outra com o Huachipato-CHI (pelo meia-atacante Soteldo).

*Com informações de Samuel Venâncio

Fonte: Itatiaia