Cruzeiro esbarra na falta de criatividade, falha defensivamente e empata contra o CSA

 Cruzeiro esbarra na falta de criatividade, falha defensivamente e empata contra o CSA

A Raposa perdeu a chance de vencer um adversário direto na briga pelo acesso à Série A em 2021

O Cruzeiro ficou no empate por 1 a 1 contra o CSA na noite dessa terça-feira (15), pela 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A equipe celeste apresentou futebol abaixo e esbarrou na falta de criatividade para criar jogadas.

O gol do CSA foi marcado pelo atacante Pedro Lucas, aos 25 minutos do primeiro tempo. Após lançamento, cabeceou livre de marcação para empurrar para dentro das redes. O Cruzeiro empatou com Rafael Sobis, aos 11 do segundo tempo. O atacante celeste aproveitou o rebote do goleiro após chute de fora da área de Giovanni.

Com o resultado, o Cruzeiro ganha uma posição e agora é o 10º, com 39 pontos. A distância para o grupo dos quatro primeiros que se classificam à divisão de elite do futebol nacional é de 7 pontos.

O Cruzeiro volta a campo na próxima sexta-feira (18), em mais um confronto direto. Desta vez, contra o Avaí, às 20h15, no estádio Ressacada, pela 30ª rodada da Série B. No mesmo dia, o CSA enfrenta o Juventude, às 18h, no estádio Alfredo Jaconi.

Primeiro tempo 

O futebol mostrado pelo Cruzeiro foi distante da organização, principalmente defensiva, que a equipe comandada por Luiz Felipe Scolari vinha apresentando. Sem conseguir explorar os lados do campo, a equipe tinha dificuldade para criar jogadas, com o jogo mais centralizado.

Apesar de ter conseguido finalizar mais no primeiro tempo, as oportunidades se davam em chutes de fora da área, e foram poucas as chances claras de gol. Enquanto o CSA, embora tivesse menos posse de bola, era perigoso e agressivo em suas investidas.

O Gol do CSA saiu, 25 minutos, após vacilo do sistema defensivo celeste, que deixou o atacante Pedro Lucas cabecear sozinho após cruzamento do volante Yago. CSA 1 a 0 na Arena Independência.

Apesar de estar atrás no placar, o Cruzeiro teve dificuldade para impor ritmo de jogo, e o CSA esteve mais perto de ampliar a vantagem do que ver a Raposa empatar.

Segundo tempo 

Felipão iniciou a segunda etapa já com duas alterações: entrada de Arthur Caíke na vaga de William Pottker, recém-recuperado de lesão, e Giovani na vaga de Jadson. O jogo ficou mais quente, e permanecer aberto.

Giovanni mostrou que estava destinado a mudar a história da partida. Logo aos 10 minutos, mandou uma pancada de fora da área, para defesa do goleiro Matheus Mendes. No minuto seguinte, aos 11, outro tiro certeiro. Desta vez, no entanto, a bola sobrou nos pés de Rafael Sobis, que não desperdiçou. Cruzeiro 1 x 1 CSA.

Cruzeiro 1 x 1 CSA

Cruzeiro: Fábio; Cáceres, Manoel, Ramon e Matheus Pereira; Jadson (Giovanni), Jadsom Silva e Filipe Machado; Airton, Rafael Sobis e William Pottker (Arthur Caíke).

CSA: Matheus Mendes; Cedric, Rodolfo Filemon, Luciano Castán e Diego Renan; Geovane, Yago (Gabriel) e Nádson (Marquinhos); Rodrigo Pimpão (Rafael Bilu), Rone (Adriano) e Pedro Lucas.

Cartão amarelo: Matheus Pereira (Cruzeiro); Geovane (CSA)

Gol: Pedro Lucas (25’ 1ºT), Rafael Sobis (11’ 2ºT)

Motivo: 29ª rodada – Campeonato Brasileiro Série B
Data: 15 de dezembro de 2020, terça-feira, às 21h30
Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Auxiliares: Jean Marcio dos Santos (RN) e Vinicius Melo de Lima (RN)