Com desfalques, Enderson indica chance de Patrick Brey jogar como meia na reestreia do Cruzeiro

 Com desfalques, Enderson indica chance de Patrick Brey jogar como meia na reestreia do Cruzeiro

Técnico Enderson Moreira, que não contará com Jadsom e Maurício diante da URT, já havia indicado vontade de utilizar o lateral-esquerdo em posição mais avançada

Falta uma semana para o Cruzeiro voltar a atuar na temporada 2020. Mas o retorno, na partida contra a URT, dia 26, no Mineirão, será sem dois jogadores que vinham sendo titulares antes da parada da pandemia: Jadsom e Maurício, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Um dos que deve preencher o setor é o lateral-esquerdo Patrick Brey, reintegrado ao grupo após empréstimo à Ferroviária-SP e já acostumado a atuar mais avançado.

É o que sinalizou o técnico Enderson Moreira na transmissão feita pelo Cruzeiro, com perguntas respondidas pelo treinador a perguntas selecionadas vindas de torcedores.

– O Patrick Brey tem essas duas possibilidades. A princípio, hoje, está como lateral-esquerdo, mas pode fazer essa função na segunda linha, que a gente chama de extremo, como se fosse, antigamente, o ponta. Ele tem essa capacidade de poder fazer isso.

“A gente tem até dois problemas para a estreia, que são Jadsom e Maurício, então a gente sempre pensa em possibilidades. O Brey pode fazer essas duas funções de forma efetiva e com qualidade”

Patrick vinha treinando mesmo como lateral. Entretanto, chegou ao Cruzeiro como uma opção para o meio de campo, opção admitida pelo próprio Enderson Moreira. Atuaria contra a URT na posição de Maurício, teoricamente, pelas características que possui.

O jogador também vem de duas experiências jogando no meio de campo, antes de voltar ao Cruzeiro. Atuou assim no Coritiba, ano passado, e na Ferroviária, nesta temporada. Assim, o jogador está mais do que acostumado a atuar no setor.

Fonte: GE