Cabelo fino e ralo: como tratar?

 Cabelo fino e ralo: como tratar?

Para quem tem cabelo ralo e fino e uma missão difícil, para conseguir o tão sonhado volume, entretanto, não é impossível.

O que causa cabelo fino e ralo

O cabelo fino e ralo tem aspecto mais frágil do que
aquele mais encorpado. Isso ocorre porque esse tipo de cabelo tem menos massa capilar.


A queratina é uma das principais proteínas que
compõe a estrutura de nosso cabelo. Por ser pobre
dessa proteína e de outros nutrientes considerados
essenciais para a saúde dos fios, esse tipo de cabelo
se torna mais frágil.
Devido à ausência dessas importantes substâncias,
o cabelo fino e ralo tem maior tendência a ser
quebradiço, embaraçando mais facilmente. Muitos
fatores podem causar esse tipo de cabelo, como
tratamentos químicos, o envelhecimento e a genética.
Como cuidar do cabelo fino e ralo
Os cuidados com o cabelo fino e ralo vão desde o tipo
de produto que você irá usar para fazer a manutenção
dos seus fios até a forma como você aplicará tais
produtos e lavará os seus fios.Alguns cuidados são universais, como não lavar os cabelos com água quente. Mas, se você tem fios finos e ralos, esse cuidado é ainda mais essencial. Além disso, deve-se evitar lavar os cabelos com muita frequência. Lave seus fios suavemente, aplicando o shampoo na raiz e o condicionador no comprimento. Na hora de pentear, comece sempre pela ponta, indo em direção à raiz conforme desfaz os nós. Começar a escovar na raiz pode levar a uma quebra ainda mais acentuada dos fios. Utilize os produtos indicados para o cabelo fino e ralo, que serão eficientes em conferir mais volume para os seus fios. Há algumas técnicas que podem ajudar a engrossar o fio. Dentre essas técnicas está o tratamento de reconstrução capilar, que consiste exatamente na reposição dos nutrientes e proteínas que são perdidos pela massa capilar. Assim, os seus finos irão se tornar mais resistentes e não se quebrarão com tanta facilidade. A reconstrução capilar deve ser feita com um intervalo de 15 dias e não mais do que isso, para não correr o risco de um efeito rebote, fazendo com que os fios fiquem duros.Além da reconstrução, é importante investir em outros cuidados que irão fazer com que esse tratamento tenha resultados mais prolongados, como a hidratação.