Bocaiúva entra na onda vermelha e comitê de combate à COVID-19 se reúne extraordinariamente

Novo decreto deve ser publicado ainda hoje



Macrorregiões Norte e Leste estão inclusas na Onda vermelha/ Fonte: Secretaria Estadual de Saúde
As macrorregiões Norte e Leste regrediram para Onda vermelha do Plano Minas Consciente, após indicarem aumento no índice de contaminação da Covid-19.

Esta é a fase mais restritiva do plano e entrará em vigor a partir do próximo sábado (27). A deliberação ocorreu nesta quarta-feira (24), em reunião do Comitê Extraordinário Covid-19.

Segundo dados da Secretaria Estadual de saúde, nos últimos sete dias, o número de casos da doença aumentou 4,5% em todo o estado e a quantidade de mortes cresceu 5,1%.Na macrorregião Norte, que compõe 86 municípios, foram contabilizados 44.352 casos do Novo Coronavírus e 727 mortes. Já na macrorregião Leste, que engloba 51 cidades, foram confirmados o total de 31.467 casos confirmados, com 935 óbitos.

Enquanto isso, a macrorregião Jequitinhonha foi a única que evoluiu positivamente no quadro, pois estava na Onda vermelha e passou para a Onda amarela.

Com a nova recomendação, as macrorregiões Triângulo do Norte, Triângulo do Sul, Noroeste, Centro, Leste do Sul, Nordeste e Norte estão inclusas na onda vermelha do plano Minas Consciente. Já nas macrorregiões Jequitinhonha, Vale do Aço, Oeste, Centro-Sul, Sudeste e Sul está vigorando a onda amarela.

Na terceira fase do Minas Consciente, nenhuma atividade é proibida, porém, é preciso seguir regras específicas referente a cada onda, como distanciamento social e limitação máxima de pessoas.