Atlético-MG vai na contramão dos rivais e nunca foi tão ‘anti-empate’ no Brasileirão de pontos corridos

 Atlético-MG vai na contramão dos rivais e nunca foi tão ‘anti-empate’ no Brasileirão de pontos corridos

Galo é o único time da Série A que ainda não empatou, justamente no Brasileirão com maior média de empates desde que o atual formado foi instaurado

O Atlético-MG de Jorge Sampaoli já disputou 11 partidas pelo Brasileirão 2020 (tem uma pendente). São oito vitórias e três derrotas. Nenhum empate. O Galo se mostra um time “oito ou 80” – ou melhor: três ou zero. Todas as outras 19 equipes empataram pelo menos duas vezes. O Palmeiras (4º colocado e único invicto) já tem sete empates, e o Botafogo (18º) empatou oito vezes.

Empório Natural

O modelo de jogo do treinador argentino ajuda a explicar. O Atlético tem uma proposta agressiva, que busca jogar no campo adversário e pressionar pelo gol, independentemente do oponente e do local. Quando o jogo está empatado, a equipe se comporta sempre buscando a vitória. Quando o time já está ganhando, a postura é de buscar ampliar o placar, e quase nunca de sustentar a vantagem mínima, o que faz com que as chances de empate sejam reduzidas.

O time de 2020 já é o mais “anti-empate” do Galo na história dos pontos corridos, considerando as rodadas iniciais. De 2003 até 2019, foram 17 edições do Brasileirão disputadas pelo Galo (considerando a Série B de 2006). Em 15 delas, o Atlético empatou pelo menos um de seus quatro primeiros jogos.

Em 2019, a primeira igualdade veio na nona rodada. Em 2010, quando o time era comandado por Luxemburgo, os números “anti-empate” duraram mais, e o primeiro foi na 11ª rodada.

Primeiro empate do Atlético em cada edição do Brasileirão de pontos corridos (desde 2003)

Edição Rodada do primeiro empate
2003 2ª rodada
2004 1ª rodada
2005 2ª rodada
2006 (Série B) 1ª rodada
2007 3ª rodada
2008 1ª rodada
2009 1ª rodada
2010 11ª rodada
2011 4ª rodada
2012 3ª rodada
2013 3ª rodada
2014 1ª rodada
2015 1ª rodada
2016 2ª rodada
2017 1ª rodada
2018 4ª rodada
2019 9ª rodada
2020 Ainda não aconteceu

Galo na contramão dos concorrentes

Curiosamente, a atual edição do Brasileirão tem, considerando as 12 rodadas já disputadas, a maior média de empates desde que a competição adotou o formato atual (pontos corridos, com 20 clubes), em 2006 (veja a tabela abaixo).

Empates em Campeonatos Brasileiros (desde 2006) — Foto: Espião Estatístico

Empates em Campeonatos Brasileiros (desde 2006) — Foto: Espião Estatístico

Na rodada que foi finalizada nessa segunda-feira, por exemplo, houve seis empates. Cinco jogos tiveram 1 a 1 como placar final, entre eles Inter x São Paulo e Palmeiras x Flamengo, resultados comemorados pelo Galo, já que quatro concorrentes diretos deixaram pontos pelo caminho.

* com dados do Espião Estatístico do ge

Fonte: GE