Apagão no Amapá chega ao 7º dia com falhas em rodízio de energia

 Apagão no Amapá chega ao 7º dia com falhas em rodízio de energia

Moradores reclamam de descumprimento do cronograma, com queda no fornecimento antes do horário divulgado pelo distribuidora. Subestação incendiada voltou a operar apenas com um transformador em conjunto com hidrelétrica. Situação só deve ser normalizada no fim de semana.

O apagão no Amapá chega ao 7º dia de apagão nesta segunda-feira (9). Parte do fornecimento de energia em 13 dos 16 municípios do estado foi retomado no sábado (7), e o governo estabeleceu um rodízio com duração de 6 horas, por regiões. A solução provisória é alvo de reclamações dos moradores, que apontam descumprimento do cronograma.

Com apenas 65% do sistema elétrico restabelecido, a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) fixou fornecimento de energia com duração de pelo menos 6 horas para cada região, para que o estado todo fosse contemplado. Porém, há locais onde a energia voltou por apenas 3 horas.

Quase 90% da população do Amapá, o equivalente a 765 mil pessoas, ficaram sem energia elétrica na última terça-feira (3), quando um incêndio atingiu a principal subestação do estado. Com a falta de eletricidade, houve problemas no fornecimento de água potável e nas telecomunicações, além de filas nos postos de combustíveis e prejuízos ao comércio.

O Ministério de Minas e Energia prevê retomada integral da distribuição de energia no próximo fim de semana, mas sem dia definido.

G1 aguarda resposta da CEA sobre o motivo das falhas no rodízio e vai atualizar esta reportagem assim que tiver o retorno da companhia.

Fonte: G1