Análise: com variação tática e de estilo de jogo, Atlético-MG tem vitória maiúscula em jogo vital

 Análise: com variação tática e de estilo de jogo, Atlético-MG tem vitória maiúscula em jogo vital

Vencer o Flamengo era fundamental para o Galo seguir sonhando alto no Brasileiro, após momento de turbulência; agora, é manter o alto nível fora de casa

Foi a atuação mais chamativa do Atlético-MG nos 26 jogos em que Jorge Sampaoli está à frente do time profissional. A partida era vital para a caminhada do Galo no Brasileirão, e a resposta ao mau momento foi dada em alto e bom tom. Era um Atlético diferente em campo para vencer o Flamengo por 4 a 0. Conseguiu se defender, contou com atuação qualificada de Everson e um ataque de alto aproveitamento. A lição dada é que mudar estilos pode render frutos.

Empório Natural

Sampaoli não abre mão de sua filosofia de dominar partidas, ter a posse de bola, jogar de forma ofensiva e ativa. Não foi exatamente este o Atlético visto no Mineirão na 20ª rodada. Até mesmo a escalação foi diferente. De forma clara, o Galo usou três zagueiros – Igor Rabello no lugar do lesionado Jair. Com isso, Guga teve liberdade para ajudar no meio e até dobrar a marcação em Bruno Henrique.

A tática encaixou também pelo péssimo momento defensivo do Flamengo na temporada. O time de Domènec Torrent foi a Belo Horizonte para atacar. Mas com sete minutos, o Galo achou espaços na defesa do adversário e pavimentou o triunfo. Primeiro, no gol contra de Gustavo Henrique, pressionado por Eduardo Sasha, e cortando o cruzamento de Savarino para dentro da própria rede.