A viagem

Mesa diretora da Câmara de Vereadores de Bocaiuva

Na manhã desta quinta-feira (25), uma noticia causou estranheza a todos, conforme divulgado pelo radialista Ricardo Sena. Os vereadores, Odair Cantor (REPUBLICANOS), Odair Sorriso (AVANTE) e Romildo da Mercearia (PSB), viajaram a Brasília, para, segundo eles, tratarem de assuntos que beneficiam toda a cidade bocaiuvense. Porém, o que chamou a atenção, foi a presença de duas servidoras da Câmara Municipal, nesta comitiva. O que se sabe é que elas foram fazer um curso na capital Federal.

Diante desta informação, pergunta-se qual a necessidade de cursos, a pouco mais de um mês para o fim do mandato do atual Presidente da Casa de Leis, Vereador Odair Sorriso? E, considrando que elas podem não terem ido pelos cursos, qual a necessidade dessas acompanhantes na viagem?
Esses são alguns questionamentos, feitos pelo patrão, o povo e encaminhados ao Presidente da Câmara, na tarde de quinta-feira (25). Embora, tenha visualizado as mensagens, o Chefe do Poder Legislativo, não respondeu as indagações.

ENTÃO…

Quando o Presidente de um dos poderes, silencia-se diante de um fato ocorrido sob a sua liderança, torna o episódio ainda mais grave. Imaginar que pode-se fazer o que quiser na vida pública, sem que seja preciso prestar contas, não é sábio a nenhum servidor, especialmente, àqueles que ocupam cargos eletivos. É de se supor que os maiores interessados em prestar esclarecimentos de atitudes honestas, sejam exatamente os que as praticaram.
A omissão do Presidente expõe as servidoras a uma situação que pode não ser a real.

É ISSO AÍ!

Por William Macedo